Banco ou Corretora? Decida Agora!

Banco ou corretora: entenda as vantagens e desvantagens de cada, bem como o impacto no seu investimento pelo Tesouro Direto.

Estou na dúvida se faço as compras no Tesouro Direto através do meu banco (Bradesco) ou pela corretora que você opera (XP). Estou com essa dúvida pois meu banco cobra 0,5% de taxa de administração enquanto que na corretora que tu usa é só 0,1%.

face-questions-1567164-639x373Então… numa das pseudo-reuniões que falo na minha página de apresentação, recebi essa pergunta aí acima.

Quem me fez esse questionamento consultou as taxas cobradas pelas corretoras e bancos no site do tesouro direto. Coloquei o link dessa consulta no nosso primeiro artigo. De qualquer forma, você pode verificar novamente na tabela da página do próprio Tesouro Nacional aqui ó.
 

Resposta…


É! Sábia pergunta! Realmente, comparando a taxa de administração praticada entre banco (espécie de corretora do banco) e corretora “pura” dá lá sua diferençazinha no final mesmo.

Mas minha mulher, por exemplo, faz pelo Santander (que é 0,40%) e outros amigos e familiares investem no tesouro através do Itaú (0,50%) ou Banco do Brasil (0,50%). E mais: quase todos seguiram aquela estratégia inicial da minuta do email ao gerente (dita no primeiro artigo). O e-mail parece besta né! E não necessariamente vai trazer o retorno exato que você espera (as respostas dos gerentes são diversas mas sempre funciona), porém serve para abrir um canal de comunicação com o banco ou corretora e pular logo da teoria para uma ação concreta com sua instituição financeira de contato.

A vantagem do banco é:
COMEÇAR LOGO SÁPORRAIESSECARÁI e dar o primeiro passo (ou o 1º dos primeiros passos);
Simplificar as coisas, pois não há necessidade de eventual TED/DOC pra corretora e o seu relacionamento financeiro se mantém em apenas uma frente.

AÇÃO MEU RÊI!Meme Bora Baea

A galera em geral não gosta de sair abrindo conta em tudo que é canto. Também sou assim, hehehe. Além disso, as pessoas tendem naturalmente a confiar mais nos bancos por questão cultural, de costume, de comodidade, de tradição mesmo. Ou simplesmente pelo fato de ter um local físico disponível ali na esquina pro cara ir lá bater um papo, reclamar ou tentar resolver qualquer bronca safada com seu velho amigo bancário.

MAS, as corretoras apresentam diversas opções de investimentos que não podem ser apresentadas pelos bancos. Afinal, os bancos só vão apresentar os produtos dos próprios bancos, e não de seus concorrentes.

Quando você tá investindo no tesouro, você tá emprestando pro governo e não pro banco. Por isso que o gerente do banco sempre vai ter passar as opções de investimentos onde o dinheiro vai direto para o banco (poupança, previdência privada, fundos, CDB, LCI e LCA). Isso é óbvio, pois o gerente é um empregado do banco e vendedor de produtos do banco. Tem gente que fica endemonizando os bancos por aí, mas eu acho isso completamente normal e natural.

Na corretora, você terá opção de emprestar dinheiro para vários bancos e empresas (financeiras ou não).

Continuando… Pra saber a diferença final e o impacto dessa diferença de taxa perguntada: só simulando mesmo (mas, obviamente, já fiz isso por você!).
 

Simulação | Banco ou Corretora


Simulação oficial do títulos públicos no site deles lá.

SE LIGA! Quanto maior o valor e o vencimento (ou maior o prazo) da aplicação, então maior será a diferença de valor final entre banco e corretora.

Fiz a seguinte simulação em 26/08/2016:
-> Ativo: Tesouro Prefixado 2023 (LTN);
-> Vencimento: 01/01/2023;
-> Taxa acordada: 12,28%;
-> Valor total investido: 10mil reais;
-> Utilizei a comparação solicitada: 0,10% da corretora versus 0,50% do banco.

O valor líquido final simulado utilizando a taxa de administração de 0,50% foi de R$18.562,21.

O valor líquido final simulado utilizando a taxa de administração de 0,10% foi de R$18.841,74.

Ou seja, matemáticos e kumonistas de plantão, a diferença final da simulação foi de R$279,53. Isso representa que, na corretora, tua renda seria 1,5% maior que no banco em tal simulação. Ressalto que consideramos um prazo relativamente curto de 6 anos e 4 meses. Num prazo maior (2050 por exemplo), essa diferença chegaria a dezenas de milhares de reais.

Ou, se ao invés de 10mil reais, a simulação fosse de 100mil reais: não seria R$279,53 de diferença, mas sim R$2.795,23.

Se quiser conferir testa lá pô, abre o link e faz tua bulinação no site do Tesouro Direto.

Só um detalhe: o valor mínimo de compra no tesouro é de 30 reais OU 0,01 (famoso 1%) do preço de um título, o que for maior. Nessa página do link, o preço do título é apresentado na coluna “Preço Unitário Dia”.
 

Portabilidade de Custódia


Pô bixo, tu ainda não se decidiu entre banco e corretora?Meme Mimimig
Então vamos lá… existe de fato uma questão importante de custo na relação banco versus corretora. Porém, caso você queira mudar depois, a transferência da custódia é gratuita e teoricamente rápida. Então inicia logo essa parada e pronto, sem mimimi.

Para a transferência de custódia, você precisa apenas preencher um pedido com os nomes dos ativos (títulos do tesouro, ações, ou qualquer outro), ir ao cartório para reconhecer firma e enviar para seu agente de custódia atual. A parte chata é justamente ter que ir no cartório e depois mandar pelos correios.

Já fiz essa “portabilidade” (o termo correto é transferência de custódia, viu?) e funcionou bem. Passei uns 15min no cartório e 25min nos correios. Como enviei por SEDEX, depois de dois dias a custódia já tinha sido transferida. E o melhor, sem qualquer tipo de questionamento ou pergunta por parte da custodiante antiga. PORÉM… nessa transação, minha antiga custodiante era uma corretora, a XP, e não um banco. Portanto, não sei na prática qual á a reação dos bancos quando você quer transferir a custódia dos seus ativos. Quem já passou por isso e quiser ajudar, comenta aí pra galera.

Detalhe importante da Corretora XP (a que eu usava antes para as compras de títulos públicos):
– A XP cobra, além desse 0,10% da taxa de administração já citada, mais R$9,90 mensais.
Ela cobra isso em cima da sua carteira de renda fixa: pra toda e qualquer aplicação de renda fixa que você tenha através da corretora, independente da quantidade/variedade de ativos, do valor e do tipo. Ou seja, se Fulano tem 1 bilhão de reais investidos em algumas dezenas de ativos de renda fixa na XP: Fulano paga R$9,90 por mês. Já Sicrano, que tem só 50 conto investido em apenas um título véi de guerra ali no tesouro: também paga os R$9,90 por mês. [veja atualização de set/2016 no final desse artigo] 

AH! Se não sabe ou não lembra o que é Renda Fixa, descubra aqui neste artigo.

Portanto, se tua intenção for ter uma corretora apenas pra comprar no tesouro direto, talvez seja melhor buscar outra opção de corretora, que não necessariamente a XP (pra não pagar os R$9,90 mês). [veja a atualização de set/2016 no final desse artigo] 

MAS… eu sou particularmente fã da XP e gosto do assessor atual e dos demais assessores que já tive por lá. A XP ainda tem um viés de educação e instrução, o que é massa. A plataforma deles é simples e bem intuitiva, apresentando de forma bem prática uma gama variada de opções de investimentos (em especial de renda fixa e fundos de investimentos). Também já fiz alguns cursos da XP Educação lá nos primórdios. Então, se quiser uma corretora pra te dar um “balcão” de alternativas de um monte de tipo de investimentos, e também pra educação/assessoria, pode ir na XP.
 

Opções de corretoras para o Tesouro Direto


Babando OvoEu dei uma grande babada de ovo na XP né, hehehe. Mas na verdade hoje em dia eu utilizo a Easynvest para a custódia dos meus ativos de Renda Fixa.

Tô na Easynvest simplesmente porque eles não cobram taxa de administração em cima de Renda Fixa. Então esses meus tipos de ativos tão guardados (custodiados) lá.

Quando abri conta na Easynvest, em 2016, foi tudo 100% online e rápido. Muito rápido realmente. No mesmo dia já tava tudo habilitado e liberado lá no site.

Creio que hoje em dia você faz cadastro 100% online em todas as corretoras. As principais para o Tesouro Direto são (consulta de 26/08/2016):
Easynvest
Rico
XP
Socopa
Ágora

De onde tirei essa lista? Daqui ó, site do próprio tesouro em agosto/2016 (ranking de junho/2016).

Até onde sei, Easynvest, Rico, Socopa e Ágora não cobram aquela taxa de R$9,90 por mês que a XP cobra. Mas é bom pesquisar e confirmar. [veja a atualização de set/2016 no final desse artigo]

Acredito que, se o objetivo for abrir uma conta numa corretora pra fugir do custo do banco, então é melhor na que tiver o menor custo, né não!? E depois, se não gostar, tu pode transferir a custódia.

Como já disse, eu mesmo tô deixando meus títulos do tesouro sob custódia da Easynvest porque a taxa de administração para o Tesouro Direto lá é igual a zero. Detalhe legal: a Easynvest também tem conta no Bradesco, então, se você é cliente do banco, daria pra tu fazer tuas transferências do banco pra corretora sem ter que pagar DOC/TED.
 

Easynvest não cobra taxa mensal na Renda Fixa


Por que? Aparentemente eles seguem uma estratégia agressiva para aumentar sua base de clientes, em especial no público jovem. AlegronaA corretora é toda conectadona: blogs, galera com sorrisão, vídeos no youtube, etcétera e tal. Porém, acho o site deles bem limitado (não consigo abrir em todos os browsers) e o “balcão” de opções não é intuitivo e funcional. MAS, os vídeos deles no YouTube são bem legais e didáticos.

Bem, pelos motivos elencados, continuo investindo em ações e em outros ativos através da XP. E continuo consultando os ativos de Renda Fixa na XP, que tem uma plataforma melhor que a Easynvest. Isso na minha humilde opinião, né.
 

SE LIGA! Não se limite à minha opinião


Costumo falar do que já fiz e testei, portanto não tenho experiência com outras corretoras ou alguns bancos.Tilt na cabeca

E mais: é bom SEMPRE ter um pé atrás com tudo (mesmo com o que eu falo aqui) (iiiiii rapaz, agora deu tilt?!). Então, vamos lá…

Se hoje eu não tivesse nenhuma conta em corretora, eu faria o seguinte para escolher… Conferiria, além das taxas de administração, três rankings específicos:
-> o ranking de maiores operações no Tesouro Direto;
-> o ranking de maiores corretoras;
-> o ranking de maiores lucros entre as corretoras;

Ou seja, como diz o site do próprio Banco Data: “Não invista no escuro.

Eu ainda pegaria a indicação de um amigo ou conhecido pra complementar essa análise e depois faria aquela pesquisa básica lá no nosso comparsa Gó-ógle.

Acho meio improvável que, aplicando esse “critério de seleção”, você não consiga pegar uma boa corretora. A título de curiosidade: XP e Easynvest são Top 10 em todos os rankings citados.
 

Transferência de recursos para a corretora


A conta numa corretora não é igual a de um banco. Ou seja, você não tem possibilidade de saque, depósito, cheque, cartão de crédito, etc. A circulação de grana é puramente eletrônica.

Por ser tudo eletrônico e simples de se abrir a conta numa corretora, algumas pessoas, quando da primeira transferência de recursos pra lá, ficam com receio ou pé atrás (medinho mermo) da operação, hahaha. É normal. Se tá com receio, faz um teste: separa uma oncinha, 50 conto, e faz tua transferência. Depois segue os passos do nosso primeiro post e compra esses 50 conto (ou o que sobrar pós TED/DOC) de Tesouro SELIC ou qualquer outro título lá.

SE LIGA! Em todos os bancos existe a possibilidade de se ter uma conta 100% eletrônica sem necessidade de pagar TED, DOC ou mesmo taxas mensais. Não pretendo entrar nesse assunto aqui neste artigo. Mas, se isso te interessa, pesquisa por aí que dá pra achar boas informações. Ou, quem já passou pela experiência, comenta aí pra galera.
 

Veredicto


E aí? Se decidiu ou complicou?

Veredito Martelo

 

FIQUE ATUALIZADO, ASSINE E POUPE TEMPO


 Imagens de freeimages.com e pixabay.com

 

Atualização de Setembro/2016 – XP taxa zero


A XP anunciou, em 05/09/2016, que a partir do mês de setembro/2016 seus clientes não pagarão mais as seguintes taxas:

  • Tarifa de TED para retiradas
  • Taxa de custódia Bolsa de Valores
  • Taxa de custódia XP Tesouro Direto*
  • Taxa de custódia de Renda Fixa*
  • Taxa de custódia COE

*Portanto, já não há mais aquela taxa de custódia mensal que citamos no artigo e nem a taxa de administração de 0,10% para o Tesouro Direto. E o melhor, a XP não vai cobrar mais TED pra retirada e nem taxa de custódia para Bolsa de Valores. Ou seja, deram um passo à frente em relação à Easynvest e nós, clientes, só temos a agradecer essa concorrência.

Notícia taxa zero XP: clique aqui pra saber mais.

  • Nara Falcão

    Vou deixar de ser baiana e comecar logo ESSAP$&@$. Pra aposentadoria tu indica qual? Tem como compartilhar custodia? Tipo eu e Paulo investindo juntos p aposentadoria?

    • César Falcão

      Teremos um artigo específico sobre aposentadoria. MAS, pra começar tua aposentadoria agora, HOJE, pode começar comprando Tesouro IPCA+ SEM ser com juros semestrais (escolhe o com maior vencimento ou com vencimento mais próximo da data que esperas se aposentar). É o título NTN-B Principal. Apenas pra plantar a sementinha na cabeça, mas não faça sem ter conhecimento do mercado: todo mundo já ouviu falar que investir em ações é para o longo prazo, mas poucos praticam isso. E aposentadoria = longo prazo (então não descarte a possibilidade de ações, mais precisamente ETFs). Em relação à compartilhar custódia: não. Até onde sei você só abre uma “Conta Investimento” (seja num banco ou numa corretora) para determinado CPF, ou seja, é individual. Seus títulos do Tesouro Direto também são individualizados, por CPF, e portanto têm “custódia individualizada”. MAS, você pode fazer a transferência de recursos da sua conta conjunta do banco para a conta individual de investimento. Porém, nunca passei por essa experiência ou tentativa, então essa resposta do compartilhamento tá sendo dada aqui na base da teoria mesmo, hehehe.

  • Ivo Noronha

    Ótimo post! Complementando a pergunta da Nara, todas as corretoras cobra taxa de custódia? Eu uso a XP para todas minhas aplicações, mas vou comecar a aplicar no Tesouro, pensando em aposentadoria, depois do seu incentivo. A XP cobra tx de adm de 0,1% e a EASYNVEST 0,0%. Mas e essa taxa de custódia? Eu nem sabia da existencia dela, mas quando fui fazer a simulação pelo link que você colocou no post, me deparei com essa taxa. Você sabe onde consigo ver o valor dessa taxa nas corretoras? Mais uma vez, parabens pelo post!

  • Lucas Azevedo

    Boa! Já vi que há regulamentaçao do Bacen com relação às contas digitais. Ideais pra quem não precisa interagir com o atendente (meu caso). Valeu pela dica, vou na agência fazer a migração.

    • César Falcão

      Isso mermo! Então o termo correto é Conta Digital. Valeu! Com esse tipo de conta no banco, você não precisa pagar TED/DOC na transferência de recurso da conta corrente do banco para a conta da corretora. Por motivos óbvios nenhum banco vai orientar direito a gente em como fazer isso, tem que se virar mesmo, hehehe.

      • Ivo Noronha

        Como é essa aí dá Conta Digital? Do banco ou da Xp?

        • César Falcão

          Do banco!

  • Victor Sousa

    Parabéns pelo Blog! Serviço de utilidade pública!! Muito satisfeito com as dicas, as quais já irei colocar em prática!
    Aguardando com ansiedade os próximos posts.

    • César Falcão

      Valeu! =D

  • Victor Sousa

    Gostaria de tirar uma dúvida: Como devemos informar na declaração do imposto de renda esse investimento do Tesouro Direto? Grato desde já pela ajuda.

    • César Falcão

      O imposto de renda é descontado direto na fonte e automaticamente quando você fizer o resgate. Não precisa de ação nenhuma nossa.

      E, na declaração anual, basta colocar seus títulos na parte de declaração de bens. Igual como já se faz colocando o valor em conta-corrente e em poupança (situação em 31/12 de um ano e do outro). Ou seja, você receberá um extrato da corretora (ou do banco) igualzinho ao que o banco já manda pra você fazer sua declaração.

  • Gabriel Tenório

    Para quem quer fazer uma aplicação no TD apenas substituindo a poupança e quer a possibilidade de rápidas retiradas, tu sugeres aplicar pela corretora do banco mesmo ou através de uma corretora externa? Pergunto isso pois ainda não sei se será necessário fazer retiradas e nem com qual frequência, então talvez a questão do TED pese…

    • César Falcão

      Por causa das taxas, a melhor forma é sempre utilizar uma corretora. No final, seus rendimentos serão bem maiores. Principalmente se for utilizar uma dessas corretoras que são grandes e que não cobram taxas para aplicação no TD. Além disso, as corretoras apresentam diversas opções de investimentos que não podem ser apresentadas pelos bancos. Afinal, os bancos só vão apresentar os produtos dos próprios bancos, e não de seus concorrentes.

      É como o teu trabalho (bem parecido). Você é corretor de seguros, então tu tem a possibilidade de apresentar o melhor produto pra seus clientes pois, além de conhecer o mercado, tu tem acesso a várias seguradoras, “bastando” compará-las e passar as opções pro cliente. Agora se eu for direto numa seguradora (e não num corretor), ela vai me passar as opções de seguro apenas da própria seguradora.

      E quando você tá investindo no tesouro, você tá emprestando pro governo e não pro banco. Por isso que o gerente do banco sempre vai ter passar as opções de investimentos onde o dinheiro vai direto para o banco (poupança, previdência privada, fundos, CDB, LCI e LCA). Isso é óbvio, pois o gerente é um empregado do banco e vendedor de produtos do banco. Tem gente que fica endemonizando os bancos por aí, mas eu acho isso completamente normal e natural.

      MAS realmente, se o TED for pesar, é melhor ficar pelo banco mesmo. Por exemplo:
      Se for investir 100 reais e tiver que pagar 7 reais de TED, então você já está perdendo, de cara, 7%. Ou seja, já não vale a pena utilizar a corretora. Sugiro que esse custo do TED não represente mais que 0,1% (inventei agora esse número, hehehe). E, SE LIGA, que tem gente abrindo ou migrando pra contas digitais, onde não se paga TED. No meu caso, tenho direito a 7 TEDs por mês, por isso nunca trilhei esse caminho.

      (ficou grande a resposta né, hahaha, foi mau) Abraço!