decimo terceiro salario

A surpreendente verdade que nunca contaram a você sobre o Décimo Terceiro Salário

Muita gente fica doida pra receber a grana do 13° salário, mas quando o dinheiro entra na conta fica igual ao guaxinim ganhando o algodão doce…

Hahaha.

Bem… Neste artigo iremos dar conselhos de planejamento financeiro e apresentar caminhos para o quê fazer com o décimo terceiro salário, seja você empresário ou empregado.

Mas, primeiramente, será que existe realmente um décimo terceiro salário?

Vamos começar esclarecendo o que é o décimo terceiro DE FATO…

(talvez todos já saibam)

 

Receber em poucas parcelas ou em muitas parcelas?


Imagine que alguém te deve 120 mil reais…

Você prefere que essa pessoa te pague logo, em duas parcelas iguais de R$60.000,00, ou você prefere que ela divida isso em duas mil parcelas iguais de meros 60 “real”?

Quando analisamos em extremos (2 versus 2mil no exemplo) nossa mente costuma raciocinar melhor…

TODOS preferem receber seu dinheiro logo, na menor quantidade de parcelas possíveis.

Mas, em função de uma lei publicada logo após o Brasil de Garrincha conquistar o seu segundo título mundial de futebol (Pelé se machucou no segundo jogo e a lei é a Lei 4.090, de 13/07/1962), aqui no nosso país os assalariados são obrigados a receber o salário anual em 13 parcelas ao invés de 12.

Mesmo querendo receber em menores parcelas (o que é melhor) somos obrigados por lei a ter 13 parcelas.

(talvez por influência do então meio-campista Zagallo, afinal… DécimoTerceiroSalário tem 13 letras)

Assim, os empregadores são obrigados a pagar 13 salários ao invés de 12.

13 salarios zagallo

(se você possui empregados se liga aí, pois no dia que tô publicando esse artigo já está quase no fim do prazo da primeira parcela que vence no final de novembro -> isso no e-social também)

Os 120 mil por ano que um empregador tem pra pagar a um funcionário, por exemplo, não é pago em 12 parcelas de R$ 10.000,00.

Assim, ao invés de contratar o funcionário pagando R$10.000,00 mensais (120mil dividido por 12 meses)…

Ele contrata por um salário de R$9.230,77 que é o resultado de 120mil dividido por 13.

(na verdade, o valor do salário é bem menor se colocarmos na conta outros encargos, como 1/3 de férias pra dar um exemplo, mas manteremos o foco do artigo no décimo terceiro)

Dinheiro não surge do nada, é sempre resultado de trabalho. Se não do seu trabalho diretamente, veio do trabalho de outra pessoa.

Portanto, o décimo terceiro é uma grande mentira, é puro papel canetado.

Na prática (o que conta), é que é do salário mensal que sai essa grana.

Ou seja, quem paga o décimo terceiro é o próprio empregado e não o empregador.

 

E por que essa visão de 13 parcelas é importante?


Pois essa é uma regra de planejamento financeiro!

Se você é empregador e não se ligou nisso, o pagamento do décimo terceiro salário dos seus funcionários não deve ser considerado um gasto extra.

Se ligue! No seu planejamento financeiro, pessoal ou empresarial, tudo o que acontece anualmente (todos os anos) não pode ser considerado extra.

Isso é válido pra matrícula escolar, IPTU, IPVA, décimo terceiro, festas e presentes de aniversários, etc.

Sua sogra faz aniversário sempre na mesma data (né!?).

decimo terceiro velha

Da mesma forma, não dá pra dizer que despesas com o Natal são despesas extras. Se não me engano, o Natal acontece todo ano no dia 25 de dezembro.

 

O que fazer com o décimo terceiro?


Se você já tem uma planejamento anual de gastos, já sabe o que fazer com o seu décimo terceiro.

Se liga aqui… A maioria das pessoas confunde duas coisas distintas, mas complementares:

(i) Planejamento;

versus (ii) Controle.

(i) Planejamento = Futuro.

(ii) Controle = Presente e Passado.

O Planejamento Financeiro é o seu mapa, é o que você pretende gastar no futuro versus a sua receita planejada para o FUTURO.

Controle é o quanto você está gastando de fato, olhando para o presente e para o passado, assim, o Controle serve pra ajustar seus gastos para o que foi planejado.

Para Planejamento, indico utilizar uma folha de papel, um rabisco num caderno ou alguma de nossas planilhas financeiras clicando aqui (pra mim funciona melhor as planilhas).

Para Controle, indico utilizar uma folha de papel, um rabisco num caderno, uma outra planilha igual ao do seu planejamento, ou algum App de controle financeiro que automatize a classificação dos seus gastos como o GuiaBolso (outras opções são os aplicativos Mobills, Minhas Economias, Moni, Organizze, Spendee e o Money Pro).

Eu utilizo e indico o App GuiaBolso, pois a versão grátis já atende a necessidade de controle e visualização de gastos classificando automaticamente os gastos do cartão de crédito ou de transferências bancárias em “Saúde”, “Moradia” e “Transporte”, por exemplo.

Apenas se ligue na forma que esses Apps ganham dinheiro. O GuiaBolso mesmo tem uma linha de crédito pra te emprestar uma grana (fuja de empréstimos, por favor).

 

Visualizando o Décimo Terceiro como uma “Renda Extra”…


A visão de um Décimo Terceiro como um extra não funciona para empregadores, mas pode funcionar sim para quem recebe, para os empregados.

Sendo assalariado, você pode SIM, deliberadamente (de forma intencional), se planejar para utilizar o décimo terceiro como uma “Renda Extra”.

E, obviamente, se é “Renda Extra”, dá pra gastar em “Despesas Extras” e não planejadas, seja ela qual for.

E o que fazer com rendas extras?

decimo terceiro natal

ATENÇÃO! Se você tem dívidas, use o décimo terceiro ou rendas extras pra pagar as dívidas e esqueça a onda de consumismo natalino.

Bem… de qualquer forma, se o seu décimo terceiro é, intencionalmente, considerado uma “Renda Extra” (pode ser assim, não tem problema -> eu mesmo faço isso), sugiro o seguinte…

Sempre que ganhar um extra, poupe no máximo 50% e gaste o restante numa experiência única em família ou com amigos (jantar especial, festa, viagem de fim-de-semana ou de férias, churrascão na laje, etc.).

Simplesmente detone parte da grana pra comemorar sem ser com consumo material. Gaste com experiências.

O prazer de poupar pode e deve ser igual ao de gastar.

E o prazer de gastar pode e deve ser igual ao de poupar.”

Se a renda é extra, então melhor fazer os dois.

 

Conclusão


-> Décimo Terceiro NÃO existe, pois o seu salário mensal é o seu salário anual dividido por 13;

-> No seu planejamento financeiro, pessoal ou empresarial, tudo o que acontece anualmente (todos os anos) não deve ser considerado extra;

-> “Planejamento Financeiro” é diferente de “Controle Financeiro”, e cada um dos dois exige um acompanhamento independente;

-> Se você tem dívidas, use o décimo terceiro ou rendas extras pra pagar as dívidas;

-> Sempre que ganhar um extra, poupe, no máximo, 50% e gaste o restante numa experiência única sem consumo material.
 

FIQUE ATUALIZADO, ASSINE E POUPE TEMPO