Mais de 30 milhões comendo mosca – Investimento mais seguro do país

Neste artigo você saberá qual é o investimento mais seguro para se fazer aqui no nosso braza. Além disso, vai tentar me ajudar a descobrir o que explica o fato de milhões de brasileiros ainda não deixarem ao menos parte de suas suadas economias neste ativo.

Recentemente, enviamos para os assinantes do Poupe Me! a matéria de capa da Revista Exame de 03/08/2016.

Capa Exame Agosto 2016
 

Análise da matéria de capa da Exame de Agosto/2016


Então, a matéria é interessante pois conta a história do dono da Corretora XP, bem como da própria empresa. Mas o que me chamou atenção mesmo foram os seguintes dados:

-> 30 milhões de brasileiros investem por meio dos grandes bancos;

-> Os brasileiros investem 95% do dinheiro que economizam nos bancos, algo que não acontece na maioria dos países;

-> Nos EUA, por exemplo, essa quantidade é de apenas 1%, enquanto que na Índia é 30%;

-> Até a década de 80, acontecia nos EUA algo semelhante ao que ocorre hoje no Brasil, ou seja, o pessoal investia massivamente através de bancos.

Enfim, não quero levar a discussão pra relação corretora versus banco não. Que até foi tema do nosso último artigo. MAS, o que consegui tirar daí mesmo foi o seguinte… piassó:

-> Fazendo uma conta inversa, saquei a partir dos dados acima que no Brasil há cerca de 31,5 milhões de investidores.
 

Investidores Brasileiros: |Quem são? |Onde vivem? |O que fazem?


Sergio Chapelin Globo Reporter

Eu sou investidor?” Acredito que se você tem um centavo na poupança, então você é considerado um investidor sim e faria parte dessa conta aí. Afinal, colocar dinheiro na caderneta de poupança é uma forma de investir seu dindin.

Mas enquanto a poupança tá rendendo próximo de 8% ao ano (a.a.), a inflação tá perto de 9% ao ano. Ou seja, esse investimento em poupança tá é tirando o nosso poder de compra.

Em paralelo, no dia que escrevo esse artigo, 06/09/2016, temos as seguintes opções de investimento pelo Tesouro Direto:

-> “Tesouro Prefixado (LTN)” que vai te pagar 12% a.a.

-> “Tesouro IPCA+ (NTN-B)” que vai te pagar Inflação+6,14% a.a. (na “foto” de hoje seria 15% a.a.)

-> “Tesouro SELIC (LFT)” que te paga a taxa básica de juros (na “foto” de hoje seria 14,15% a.a.)

Você pode consultar aqui as taxas e preços dos títulos disponíveis. Ou na própria plataforma de compra aqui, caso já esteja com cadastro numa corretora (ou corretora do banco).
 

O investimento mais seguro do país


Já falei antes no nosso primeiro artigo, mas serei repetitivo mesmo: títulos da dívida pública, emitidos internamente, são os ativos mais seguros do país onde você está investindo seu dinheiro. Se você aguardar até a data de vencimento, o risco de perda é muito, mas muito, baixo mesmo (ou, comprando o “Tesouro SELIC (LFT)“, precisa nem esperar chegar mais próximo do vencimento, pois o rendimento é constante e positivo no curtíssimo prazo, em poucos dias).

Por que é seguro?” Porque o único risco é o Tesouro Nacional (o governo brasileiro) não te pagar o que te deve na data acordada.

Confio nesse governo mermo não!” Relaxa o bigode pô! Meme relaxa o bigodeHahaha. A verdade é que todos os bancos e demais instituições financeiras possuem lastro de suas operações em títulos públicos. Ou seja, possuem milhões e bilhões em títulos do governo federal.

O risco é baixíssimo pois o Tesouro Nacional sempre paga. Se faltar dinheiro pro governo (brasileiro) pagar a dívida dele, ele pode simplesmente tomar as seguintes ações:

-> gerar mais dívida (vendendo novos títulos);

-> cortar gastos e investimentos;

-> aumentar impostos;

-> privatizar/vender empresas públicas ou fazer concessões;

Reconheceram algo ou algum comportamento por aqui? Pois é, geralmente essas ações são tomadas (e agora você sabe porquê).

Em último caso, o governo pode simplesmente imprimir mais dinheiro e pagar a galera. Impressora HigienicaAfinal, a dívida é em reais e ele é o dono da maquininha de impressora que gera dinheiro em reais (imprimir dinheiro gera superinflação, mas não vem ao caso entrar nesse tema). Por isso, enfatizei que títulos emitidos internamente são os ativos mais seguros (pois vale pra nós, brasileiros, que já estamos com a grana aqui no Brasil). Em situação semelhante, pra um gringo, que veio de fora colocando dólar pra comprar um título em reais, este veria seu dinheiro evaporar em função do câmbio (o real passaria a valer quase nada depois dessa onda de impressão de moeda).

Resumindo, se faltar dinheiro, o governo coloca nas costas dos mais de 200 milhões de brasileiros e pronto. Esse é o lastro e a garantia de que você vai receber.

E se os 200 milhões não tiverem dinheiro?” Então o país já quebrou meu amigo, cu de boi formado e os bancos privados e públicos já quebraram antes.Demolicao Afinal, se os 200 milhões tão sem dinheiro, os bancos também tão sem nada em conta, né. Nesse caso, a gente vai tá preocupado é com a nossa segurança e sobrevivência.

Ah César, mas e se o governo não fizer nada disso que tu falou e simplesmente der um calote?” Ai o calote (chamado de default, no jargão do mercado financeiro) vai não só na gente, mas também nos bancos e agentes do mercado financeiro como um todo, quebrando todo mundo num efeito dominó. Ou seja, quebrando o país.

Agora deu pra entender porque títulos federais são mais seguros que qualquer produto do seu banco (inclusive poupança)? É mais fácil um banco quebrar do que o governo quebrar (se não for mais fácil, é pelo menos algo que acontecerá antes).

Então, só devemos aceitar um risco maior, se o retorno do nosso investimento for maior. Simples assim.
 

Agora, continuando nossa “tradução” da matéria da Exame…


Conforme reportagem da Revista Exame, temos 31,5 milhões de investidores no Brasil (você provavelmente é um deles).

Porém, apenas 834 mil pessoas estão cadastradas no Tesouro Direto. Destes, apenas 306 mil estão ativos no Tesouro Direto.

Esses dados retirei da página 4 do relatório do próprio tesouro nacional de junho/2016. Os relatórios ficam disponíveis aqui ó.

Ou seja, mais de 30 MILHÕES DE BRASILEIROS não investem DIRETAMENTE* no ATIVO MAIS SEGURO DO PAÍS!!!

iNZISTE ISSO?

Avestruz inziste isso

E aê? Tais comendo mosca também ou tu já deu o primeiro passo?

*Enfatizei o “diretamente”, pois se você coloca seu dinheiro em algum fundo de investimento, fundo de pensão, fundo de renda fixa, fundo de previdência, ou algum outro fundo do tipo, então tem grandes chances de estar investindo no tesouro através deles. Ou seja, esses fundos costumam ter na carteira vários títulos do tesouro nacional. A notícia ruim é que tu tais pagando um percentual de taxa de administração pra galera que administra tais fundos. E praticamente sem necessidade, né? Pois você poderia estar indo lá na fonte: fazendo você mesmo seus investimentos no Tesouro Direto sem pagar a ninguém pra “administrar” sua grana.

Há várias corretoras que nem cobram taxa de administração para o Tesouro Direto. Te interessa? Saca nesse artigo aqui.
 

Curiosidades Extras


Dado interessante desse relatório do Tesouro é que 60% dos investidores no Tesouro Direto possuem até 35 anos, e 80% deles possuem menos de 45 anos. Ou seja, não guarde o conhecimento e a manha do gato pra você: ajude seus pais e seus tios.

Uma matéria interessante da Infomoney, publicada em 2013, mostra que no Brasil há mais pessoas presas (isso mesmo, na cadeia) do que investindo na bolsa. Hahaha, digaí! Duvida? Saca a matéria aqui.

Râmu mudar isso? Junte-se aos leitores do Poupe Me!
 

FIQUE ATUALIZADO, ASSINE E POUPE TEMPO


 

 Imagens de freeimages.com e pixabay.com
  • Ricardo Medeiros

    A poupança, de fato, é um investimento arriscado, não seria o mais arriscado, mas nele temos a certeza que estamos perdendo dinheiro, a única vantagem é que a perda é lenta.
    O investimento mais seguro e rentável ao mesmo tempo tem sido os títulos públicos mas é bom ressaltar que estamos passando por uma fase de juros altos e este cenário não deve perdurar por muito mais tempo (melhor para o país, pior para renda fixa). Em outras palavras, importante conhecer outros tipos de investimentos que certamente serão apresentados nas próximas postagens pelo autor! Muito bom também os dados mostrados no post, só mostra o quanto o brasileiro não está acostumado a investir o seu dinheiro de forma eficaz. Abs

    • César Falcão

      Hahaha, muito bom! Sinceramente nunca tinha analisado por esse ponto de vista. Mas é isso mesmo, perfeito! Se investir na poupança é perder dinheiro pra inflação, então é arriscado sim, e como, né. Afinal, o risco de qualquer investimento é: perder dinheiro.

  • Pingback: Tesouro Direto em 30 segundos - o 1º dos primeiros passos | Poupe Me!()

  • Pingback: Como Investir Para Aposentadoria - O Guia Absolutamente Completo()

  • Pingback: Entenda agora o que é o FGC - Fundo Garantidor de Créditos()