Previdência Privada Vale a Pena? Descubra Agora para Não se Odiar Depois


Pra quem não tem grana em Planos de Previdência ou não pretende ter de forma alguma, talvez esse artigo seja de leitura desnecessária (mas aí basta você encaminhar pra alguém conhecido), pois aqui apresento, na verdade, uma análise prática e real de um Plano de Previdência do Banco do Brasil, que fiz utilizando as ferramentas apresentadas no seguinte artigo:

-> [ARTIGO] 8 Erros Que Você Comete ou Cometerá ao Investir em Fundos de Investimento – E Como Evitá-los

Acontece que, a pedido de um amigo, fui analisar o Plano de Previdência dele do BB: o ESTILO LP VGBL.

E aqui faço o relato dessa análise e da resposta que passei pra ele…

Pois, ao invés de puxar relatórios e demonstrativos do próprio Banco do Brasil, eu queria ver, com MEUS olhos, se valia a pena, ou não, continuar colocando a grana no ESTILO LP VGBL.

Bem…

O fato é que planos de previdência privados investem nossa grana através de Fundos de Investimentos.

Descobrindo pra qual Fundo de Investimento (em qual CNPJ) o Plano de Previdência joga a grana, a gente consegue analisar tintim por tintim as rentabilidades e pra onde o dinheiro está indo de fato.

Pra entender isso que eu acabei de falar, é bom internalizar o conceito de que um fundo, por si só, NÃO é um investimento. Explico…


O que é um Fundo

Pra simplificar…

É bom entender um fundo como uma conta-corrente gigante onde milhões de pessoas colocam o dinheiro lá. Aí os administradores do fundo (que no caso da minha análise é a BRASILPREV, seguradora do Banco do Brasil) pegam a grana de todo mundo e saem aplicando em ativos financeiros.

Ou seja, um dos fatores de análise de um fundo deve ser em quais ativos financeiros ele está aplicando na prática. E isso fica disponibilizado para consulta pública no site da CVM – Comissão de Valores Mobiliários.


Pra poder ter um parâmetro de comparação, também é necessário entender o seguinte:


Aplicação Mais Segura e Mais Conservadora

No Brasil, a aplicação mais segura e mais conservadora disponível (mais que a Poupança) é:
-> Tesouro SELIC no Tesouro Direto

Não vou entrar em detalhes nesse artigo novamente pois já falei sobre isso aqui, aqui e também aqui.

Mas, além de acreditar que esse realmente é o local mais seguro e conservador pro seu dinheiro, é importante internalizar na mente outras duas coisas:

a) essa aplicação no Tesouro SELIC rende cerca de 100% da Taxa SELIC;

b) dizer que rende 100% da SELIC é praticamente igual a dizer que rende 100%CDI.

Pronto! Isso significa que a aplicação mais segura e conservadora rende 100%CDI (na prática, na prática mesmo, seria um pouquinho menos).

De qualquer maneira é daqui, dessa premissa, que devem partir nossas análises.

O que eu quero dizer é que, na grande maioria dos casos, não precisa a gente ficar olhando quanto rendeu nominalmente o fundo, se foi 3%, 7%, 14% ou 20% ao ano não importa, pois o importante é entender QUAL PERCENTUAL DO CDI a aplicação, o fundo, está dando.


Então vamos lá ao ESTILO LP VGBL…

Encontrando os CNPJs dos Fundos


Outros Planos de Previdência que analisei no passado eram bem mais simples, pois jogavam a grana para um único Fundo de Investimento associado a esse plano e pronto. Aí esse fundo fazia a distribuição nos ativos financeiros.

Mas tive um trabalhinho com o ESTILO LP VGBL pra encontrar em qual Fundo exatamente o Plano aplica (bem como qual é o CNPJ dele).

O fato é que bastava o plano aplicar num único fundo e pronto. Mas parece que o Banco do Brasil faz questão de deixar tudo complicado e pouco transparente. Resultado: nem o Gerente consegue entender direito como funciona (se tem dúvidas disso basta perguntar a ele em quais ativos exatamente o Plano de Previdência está aplicando).

Pois bem…

O negócio é que esse ESTILO LP VGBL aplica em vários Fundos diferentes ao mesmo tempo. E cada Fundo tem seu CNPJ próprio.

Terminei achando os CNPJs por esse caminho aqui do site do próprio BB selecionando o ESTILO LP VGBL: https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/estilo/produtos-e-servicos/previdencia/regulamentos-brasilprev-estilo#/

Pode testar aí.

Nesse caminho é onde está o regulamento do plano.

O regulamento diz em quais Fundos de Investimentos exatamente o plano vai jogar a grana.

Abri dois dos PDFs de regulamento de plano (ou seja, englobei valores de aporte total de 50mil até 500mil reais pela lógica do BB). São eles::
-> https://www.bb.com.br/docs/pub/siteEsp/diseg/dwn/22REG15414004889.pdf
-> https://www.bb.com.br/docs/pub/siteEsp/diseg/dwn/23REG15414004894.pdf

No artigo 54 (página 18) de cada PDF desse daí acima, tem os Fundos pra onde de fato o dinheiro tá indo.

Então, se você clicar no link e abrir aí na página 18 do regulamento vai ver que tem a descrição completa dos nomes dos fundos bem com os respectivos CNPJs.

Bem… o que eu fiz então foi analisar cada fundo individualmente pra ter um diagnóstico se seria melhor meu amigo continuar, pausar ou sair desse Plano de Previdência.

Os fundos que o ESTILO LP VGBL utiliza são os seguintes…


(A) BRASILPREV RT FIX VI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA, e registrado no CNPJ sob n.º 07.919.956/0001-30


(B) BRASILPREV RT FIX X FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA, e registrado no CNPJ sob n.º 14.099.145/0001-04


(C) BRASILPREV RENDA TOTAL COMPOSTO 20 V FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 03.537.384/0001-74


(D) BRASILPREV RENDA TOTAL COMPOSTO 49 D FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 05.824.217/0001-30


(E) BRASILPREV RENDA TOTAL CICLO DE VIDA 2020 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 06.001.797/0001-28


(F) BRASILPREV RENDA TOTAL CICLO DE VIDA 2030 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 05.132.896/0001-86


(G) BRASILPREV RENDA TOTAL CICLO DE VIDA 2040 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 05.764.785/0001-92


 

Então vamos à análise um-a-um:

 


(A) BRASILPREV RT FIX VI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA, e registrado no CNPJ sob n.º 07.919.956/0001-30

Vi aqui que esse fundo rende 87,86%CDI. -> PÉSSIMO!

Saca o comparativo onde o fundo é a linha azul e o CDI é a preta:

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aqui e vi que 100% do dinheiro dele está investido em outros 7 fundos da BRASILPREV.

Eu ia gastar muito tempo analisando outros 7 fundos, então parei meu aprofundamento aqui. Até porque ele está rendendo 88%CDI então já é péssimo por si só.

MÁAAS olhei pelo menos um dos sete fundos (o com maior aplicação representando 40% do total), que é o BRASILPREV TOP TPF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA de CNPJ 07.593.972/0001-86, que, por sua vez, pega a grana e investe 100% do dinheiro em Tesouro SELIC, algo que você pode fazer sozinho através do Tesouro Direto e sem intermediários.

Ps.: a Poupança rende 70%CDI, mas não tem imposto de renda e nem taxa de administração. Ou seja, esse fundo, especificamente, tá pior que a Poupança.


 


(B) BRASILPREV RT FIX X FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA, e registrado no CNPJ sob n.º 14.099.145/0001-04

Vi aqui que esse fundo rende 79,39%CDI. -> HORRÍVEL!

Saca o comparativo onde o fundo é a linha azul e o CDI é a preta:

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aqui e adivinha: 100% do dinheiro dele também está investido em outros 7 fundos do próprio BB.

Novamente, eu ia gastar muito tempo analisando outros 7 fundos, então parei meu aprofundamento aqui. Até porque ele está rendendo 79%CDI então já é horrível por si só.

MÁAAS quando eu vi o fundo mais representativo dos 7, era novamente aquele BRASILPREV TOP TPF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA de CNPJ 07.593.972/0001-86, que pega a grana e investe 100% do dinheiro em Tesouro SELIC.

Como a Poupança rende 70%CDI, mas não tem imposto de renda e nem taxa de administração, esse fundo também tá MUITO pior que a Poupança.


 


(C) BRASILPREV RENDA TOTAL COMPOSTO 20 V FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 03.537.384/0001-74

Vi aqui que esse fundo rende 74,53%CDI. -> HORRIPILANTE!

Saca o comparativo onde o fundo é a linha azul e o CDI é a preta:

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e 100% do dinheiro dele está investido em outros 9 fundos da BRASILPREV. =/ E adivinha: dos 9, o fundo com mais representatividade, era novamente aquele que coloca a grana toda em Tesouro SELIC.

E, novamente, é outro pior que a Poupança véia de guerra.


 


(D) BRASILPREV RENDA TOTAL COMPOSTO 49 D FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 05.824.217/0001-30

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e 100% do dinheiro dele está investido em outros 7 fundos da BRASILPREV.

Vi pelo menos que 50% desse fundo vai pra um Fundo de Ações, o BRASILPREV TOP AÇÕES DIVIDENDOS FUNDO DE INVESTIMENTO de CNPJ 05.872.456/0001-65.

Como ele tá investindo ao menos metade da grana ou mais em ações, então seria injusto comparar com o CDI.

Vejamos então aqui a comparação dele (em azul) com o IBOVESPA (em preto):

Parabéns! Batendo bem o índice.

Ainda na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vi também em que ações, de quais empresas, aquele BRASILPREV TOP AÇÕES DIVIDENDOS FUNDO DE INVESTIMENTO de CNPJ 05.872.456/0001-65 está colocando exatamente a grana: ITAÚ, VALE, BR DISTRIBUIDORA, VIVO, AMBEV, BANRISUL, e mais uma caralhada de empresa.

Aê BB e Brasilprev! Pelo menos, até que enfim, tão aplicando em algo que não seja o Tesouro SELIC.


 


(E) BRASILPREV RENDA TOTAL CICLO DE VIDA 2020 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 06.001.797/0001-28

Verifiquei aqui que esse fundo rende 74,56%CDI. -> HORRENDO!

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e 100% do dinheiro dele está investido em outros 11 fundos da BRASILPREV. E adivinha novamente: dos 11, o fundo com mais representatividade (47%), era novamente aquele que coloca a grana toda em Tesouro SELIC.

Esse é outro fundo que tá pior que a poupança.


 


(F) BRASILPREV RENDA TOTAL CICLO DE VIDA 2030 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 05.132.896/0001-86

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e 100% do dinheiro dele está investido também em outros 11 fundos da BRASILPREV.

O fundo de mais representatividade dos 11 (com 33%) é o BRASILPREV TOP ATUARIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA de CNPJ 05.786.931/0001-80. Esse é aquele que está investindo 100% da grana em Tesouro SELIC (algo que a gente consegue fazer rápido sem intermediários através do Tesouro Direto).

O segundo com mais representatividade dos 11 (com 16%) é o BRASILPREV TOP A FUNDO DE INVESTIMENTO DE AÇÕES de CNPJ 07.593.976/0001-64. Onde consultando a CVM vi que está investindo em ações da Itaú, Vale, Bradesco, Petrobras, AMBEV, Bando do Brasil, Lojas Renner, Ultrapar (dona da Ipiranga, Extrafarma, Ultragaz, etc), e mais ações de uma caralhada de empresa lá.

Achei mais justo comparar esse fundo com o IBOVESPA aqui:

E ele se deu bem!


 


(G) BRASILPREV RENDA TOTAL CICLO DE VIDA 2040 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO, e registrado no CNPJ sob n.º 05.764.785/0001-92

Consultei a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e 100% do dinheiro dele está investido também em outros 9 fundos da BRASILPREV.

O fundo de mais representatividade (com 46%) é o mesmo BRASILPREV TOP ATUARIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA de CNPJ 05.786.931/0001-80, que acabei de citar acima e que está investindo 100% da grana em Tesouro SELIC.

O segundo com mais representatividade dos 9 (com 27%) também é o segundo da análise acima, o BRASILPREV TOP A FUNDO DE INVESTIMENTO DE AÇÕES de CNPJ 07.593.976/0001-64, que está investindo em ações da Itaú, Vale, Bradesco, Petrobras, AMBEV, Bando do Brasil, Lojas Renner, Ultrapar, etc.

Como metade da grana tá indo pra ações e outra metade tá indo pra Tesouro SELIC seria injusto qualquer comparação com CDI ou com IBOVESPA.

Mas vejamos o resultado aqui versus CDI:

E o resultado aqui versus IBOVESPA:


 

Resultado da Análise


-> Esse artigo ficou complicado porque o BB complica demais o Plano de Previdência: pega a grana, joga em 6 ou 7 fundos diferentes, que por sua vez, CADA UM, joga em outros 7 ou 11 fundos diferentes. PQP!

-> 4 dos 4 fundos mais conservadores rendem MENOS do que a aplicação mais segura e conservadora do Brasil

-> Por conta da incidência de taxas e impostos, 4 dos 4 fundos mais conservadores rendem MENOS do que a Poupança

-> 6 dos 7 fundos já estão com a maior da grana aplicada em Tesouro SELIC (algo que você consegue fazer sem intermediários, sem pagar taxa pra ninguém).

Desvantagem do VGBL:

Por ser VGBL, você NÃO tem a vantagem de pagar menos imposto de renda na declaração anual. Você teria tal vantagem caso aplicasse em PGBL e fizesse sua declaração completa à Receita Federal ao invés de fazer a declaração simplificada.

Dica: você pode testar isso abrindo o programinha aí da Receita Federal e colocando pagamentos efetuados para Plano de Previdência PGBL, ai vai ver que aparece dinheiro voltando na telinha que mostra o “a pagar” ou o “a receber” (dá pra abater de imposto até 12% da renda anual)

Manter Plano de Previdência?

Sim, mas esse NÃO.

Se for manter um plano de previdência, sugiro iniciar um PGBL pra poder ter o direito de postergação do imposto de renda.

(chamo de postergação ao invés de restituição porque na verdade você paga um imposto maior quando for resgatar do PGBL lá no futuro pois, enquanto no VGBL o IR é apenas sobre o que rendeu, como acontece em qualquer investimento, no PGBL o imposto de renda é sobre o montante total que tá lá)

VGBL não vale a pena! Explico isso nesse artigo aqui ó.

E a Tributação Regressiva?

No caso, o plano do meu amigo estava com a tabela de tributação regressiva para a incidência do Imposto de Renda.

Isso é bom porque se paga menos imposto no longo prazo. Mas, por outro lado, significa que só se paga menos imposto se esperar muito tempo pra se fazer o resgate.

Tabela Regressiva quer dizer que o percentual do imposto vai regredindo com o tempo: 35% em até 2 anos; 30% até 4 anos; 25% até 6 anos; 20% até 8 anos; 15% até 10 anos; e 10% acima de 10 anos.

O ideal é NÃO fazer resgates até minimizar o imposto devido (ou seja, esperar alguns anos pra pagar menos imposto).

 

Conclusão e Ação da Análise do “ESTILO LP VGBL” (o que eu faria)


-> NÃO sacar ou resgatar o VGBL, pois o imposto será muito alto em função da tabela Regressiva.

-> Não fazer novos aportes no VGBL, pois do jeito que está é melhor você mesmo, sem intermediários, aplicar no Tesouro SELIC através do Tesouro Direto (já que é isso que eles tão fazendo).

-> O ideal seria mesclar os aportes em Tesouro SELIC com outros títulos (e até com ações), mas comece só no Tesouro SELIC mesmo pra “descabaçar”.

-> Deixar a grana lá no VGBL e esperar 8 anos do último aporte pra começar a sacar do VGBL.

-> Pensar se não é interessante fazer um PGBL (mas aí vamos selecionar uns rochedões das seguradoras e não esses fajutos de grandes bancos) pra ter o benefício de restituição do imposto de renda na declaração anual (apenas se fizer a declaração completa de pessoa FÍSICA)

 

Se quiser ver com os próprios olhos também, seguem as ferramentas que utilizei:

-> Comparador de Fundos da Vérios

-> Consulta Fundos da CVM – Comissão de Valores Mobiliários

 

Por último, ajuda a galera aí e envia esse artigo pra quem você sabe que tem previdência privada de grandes bancos.